SeaWorld encerra shows com orcas após anos de polêmica nos EUA

A rede de parques temáticos norte-americana SeaWorld anunciou na segunda-feira (9) que vai encerrar os espetáculos com orcas, após anos de críticas pelo suposto maltrato que os animais recebem. A empresa afirmou que a partir de 2017 substituirá os famosos números nas instalações californianas de San Diego (sudoeste) por uma atração “informativa”.

“Não somos apenas um animal, não somos apenas uma exibição, não somos apenas uma atração”, explicou o diretor-geral Joel Manby durante uma reunião com investidores que foi transmitida pela internet. “Estamos num processo de ouvir nossos clientes e estamos evoluindo como empresa”, apontou. “Sempre estamos mudando”.

image

A SeaWorld sofreu um duro golpe em 2013 após a estreia do documentário “Blackfish”, que denunciou os estragos sofridos pelas orcas em cativeiro vivendo em tanques reduzidos e com pouca iluminação, além de serem submetidas a duros treinamentos para aparecer em seu espetáculo mais famoso.

O número de visitantes caiu drasticamente nos 11 parques espalhados em todo o país, mas especialmente o de San Diego. Desde então, a empresa tentou reverter a imagem ruim com uma nova campanha de publicidade e descontos.

Tendo em vista os resultados decepcionantes, a empresa deu um novo rumo em sua estratégia com um plano que prevê estrear novas atrações e melhorar a comunicação corporativa. “Precisamos levar a informação para um plano positivo”, destacou durante a reunião Jill Kermes, outra diretora da SeaWorld.

A organização PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais), grande crítica do parque temático, garantiu que o anúncio não é suficiente e que a empresa deve deixar de manter as orcas em cativeiro.

3207261382_af794f9518_b-thumb-600x400-24031

Na semana passada, o legislador Adam Schiff disse que em breve vai introduzir um projeto de lei para proibir orcas em cativeiro e controlar a reprodução na Califórnia. “A evidência sobre o dano físico e mental para estes animais maravilhosos excede em muito qualquer benefício obtido a partir de seus shows”, disse o político.

“Nós não podemos defender o nosso próprio ambiente e difundir mensagens sobre a importância de preservar o bem-estar dos animais quando nosso comportamento não reflete nossos princípios”, acrescentou. A rede SeaWorld respondeu que cuida dos animais e não capturou qualquer orca nos últimos 35 anos.

[Via: UOL]

 

Imóveis para Investimento

Encontre o imóvel ideal para seu investimento.

[Leia +]

Aluguel de Férias

Propriedades de clientes investidores para alugar.

[Leia +]

Imóveis Comerciais

Encontre o imóvel ideal para expandir seu negócio.

[Leia +]